Nodulação e produtividade de Vigna unguiculata (L.) Walp. por cepas de rizóbio em Bom Jesus, PI

Elaine Martins Costa, Rafaela Simão Abrahão Nóbrega, Linnajara de Vasconcelos Martins, Francisco Hélcio Canuto Amaral, Fátima Maria de Souza Moreira

Resumo


Objetivou-se avaliar a resposta de Vigna unguiculata (L.) Walp. cv. "BR 17 Gurguéia" à inoculação com duas cepas isoladas de solos de mineração de bauxita em reabilitação: UFLA 3-164 e UFLA 3-155 e três cepas INPA 03 11B (BR 3301); UFLA 03 84 (BR 3302) e BR 3267 (SEMIA 6462), autorizadas pelo MAPA como inoculantes para a cultura do feijão-caupi. O experimento foi conduzido em campo na Universidade Federal do Piauí, Campus Professora Cinobelina Elvas, Bom Jesus, PI. Utilizou-se o delineamento experimental em blocos casualizados com sete tratamentos e com seis repetições, sendo cinco cepas citadas e dois controles não inoculados, um com N-mineral (70 kg ha-1 de N) e outra sem N mineral. Foram avaliados a nodulação (número e massa seca de nódulos), o crescimento (massa seca da parte aérea), o rendimento de grãos e o teor e acúmulo de nitrogênio na parte aérea e nos grãos, além da eficiência relativa. A inoculação das sementes com as cepas de bactérias diazotróficas simbióticas resultou em rendimentos de grãos equivalente à testemunha adubada com nitrogênio mineral. A cepa em fase de teste, UFLA 3-155 apresentou rendimento de grãos igual à cepa recomendada INPA 03 11B (BR 3301), podendo também ser testada em outras regiões brasileiras. Entre as cepas aprovadas pelo MAPA a INPA 03 11B (BR 3301) apresentou a maior produção de grãos.


Palavras-chave


Bradyrhizobium; Fixação biológica de N2; Leguminosas

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.