Valor nutritivo de silagens de capim elefante (Pennisetum purpureum Shum) e Brachiaria decumbens contendo pedúnculo de caju (Annacardium occidentale L.) desidratado

Josemir de Souza Gonçalves, José Neuman Miranda Neiva, Geraldo Soares de Oliveira Filho, Raimundo Nonato Braga Lobo

Resumo


Objetivou-se com o trabalho avaliar valor nutritivo de silagens de capim Braquiária (Brachiaria decumbens) e de capim-Elefante (Pennisetum purpureum Schum.) com adição do pedúnculo de caju (Anacardium occidentale L.) desidratado (PCD). Foram utilizados silos experimentais de cano PVC em delineamento inteiramente casualizado com cinco níveis de adição do PCD (0; 5; 10; 15 e 20%), e quatro repetições. Trinta dias após a ensilagem os silos foram abertos e colhidas amostras das silagens de, aproximadamente, 300 g para determinação dos teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), hemicelulose (HC) e valores de pH. O percentual mínimo de 30% de MS necessário para a predominância de fermentação lática foi alcançado com a adição de 14,09% de PCD nas silagens de capim Braquiária e de 13,84% nas silagens de capim Elefante. Os teores de PB também sofreram elevações, alcançando o nível mínimo de 7% PB, citado como ideal para o bom funcionamento ruminal, com 1% de adição do PCD nas silagens de capim Braquiária e com 5,06% nas silagens de capim Elefante. Os teores de FDA foram elevados em 0,70 e 0,30 pontos percentuais, respectivamente para as silagens de capim Braquiária e de Elefante, a cada 1% de adição PCD. Os valores de pH das silagens de capim Elefante mantiveram-se dentro da faixa adequada para silagens bem conservadas (3,8–4,2), porém nas silagens de Braquiária este comportamento não foi observado, encontrando para as mesmas o valor médio de pH de 5,01 unidades.


Palavras-chave


Chemical composition, ensilage, fermentation, cashew apple

Texto completo: PDF

Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), www.ccarevista.ufc.br, ccarev@ufc.br Fone: (85) 3366.9702, FAX: (85) 3366.9417 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 8 às 12h e 14 às 18h.