Rendimento, componentes da produção e uso eficiente da terra nos consórcios sorgo x feijão-de-corda e sorgo x milho

Ana Patrícia Almeida Bezerra, João Bosco Pitombeira, José Alves Fernandes Távora, Francisco das Chagas Vidal Neto

Resumo


O cultivo consorciado consiste na exploração simultânea de duas ou mais culturas numa mesma área. O objetivo deste trabalho foi avaliar os componentes da produção e o Uso Eficiente da Terra (UET) nos consórcios sorgo + feijão-de-corda e sorgo + milho. Os experimentos foram conduzidos em Pacatuba, Ceará, no período de março a julho de 2002. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com cinco tratamentos e quatro repetições. Os consórcios consistiram dos tratamentos a seguir: T1 - 100% da espécie A; T2 - 75% da espécie A + 25% da espécie B; T3 - 50% da espécie A + 50% da espécie B; T4 - 25% da espécie A + 75% da espécie B; T5 - 100% da espécie A. No consórcio do sorgo + feijão-de-corda, a presença do feijão de corda nas proporções 25 e 50% não afetou a produção de grãos do sorgo em relação ao plantio solteiro. O melhor arranjo para o consórcio sorgo + feijão-de-corda foi 50% de sorgo e 50% de feijão-de-corda, com UET de 1,32. No consórcio milho + sorgo o UET foi superior a 1 (um) em todas proporções de fileiras, significando vantagem dos diferentes arranjos de consórcios sobre o cultivo do milho ou sorgo.


Palavras-chave


Zea mays L, Vigna unguiculata, Sorghum bicolor, LER

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.