Divergência genética em mamoneira utilizando a estratégia ward-mlm

Ronaldo Simão de Oliveira, Simone Alves Silva, Bruno Portela Brasileiro, Everaldo Paulo Medeiros, Edijane Valéria Araújo dos Anjos

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a divergência genética em uma população segregante F3 de mamoneira no Recôncavo Baiano utilizando a técnica multivariada Ward - MLM. O experimento foi conduzido na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, entre abril de 2009 e março de 2010. Foram utilizados 259 genótipos descendentes de cruzamentos entre as variedades BRS 149 Nordestina, BRS 188 Paraguaçu, EBDA MPA-17, Sipeal 28 e Mirante 10. O delineamento foi em blocos completos casualizados com quatro repetições num espaçamento de 3x1 m. Avaliou-se o número de dias para o aparecimento da primeira flor feminina, estatura de planta, número de racemos emitidos, comprimento do racemo, peso de racemo, peso de fruto por planta, número de sementes por racemo, número de sementes por planta, peso de sementes por racemo, produtividade e teor de óleo na semente. Ocorreu a formação de quatro grupos, sendo o grupo I composto por 84 genótipos, o II por 142 genótipos, o III por 15 genótipos e o IV por 18. A estratégia Ward-MLM possibilitou um adequado agrupamento entre os genótipos, sendo que as variáveis que mais contribuíram para a divergência foram o peso de fruto por planta, peso de semente por racemo, produtividade e peso de racemo.


Palavras-chave


Mamona; Plantas-melhoramento genético; Modelo de locação modificado

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.