Lógica fuzzy na avaliação da fertilidade do solo e produtividade do café conilon

Samuel de Assis Silva, Julião Soares de Souza Lima, Gustavo Soares de Souza, Rone Batista de Oliveira, Alexandre Cândido Xavier

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar, utilizando a geoestatística e o sistema de classificação fuzzy, a fertilidade de uma área experimental com base em atributos químicos do solo e sua relação com a produtividade do café conilon. O estudo foi realizado na fazenda experimental do INCAPER-ES. As amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0 - 0,2 m, sendo analisados os atributos: fósforo, potássio, cálcio e magnésio, alumínio, soma de bases, capacidade de troca catiônica a pH 7 e saturação por bases. Os dados foram submetidos a uma análise descritiva, exploratória e à analise geoestatística. Utilizou-se um sistema de classificação fuzzy utilizando os atributos descritos para inferir sobre a fertilidade do solo e sua relação com a produtividade da cultura. A possibilidade de fertilidade apresentou relação espacial positiva com a produtividade da cultura, com valores mais elevados desta onde a possibilidade de solo fértil é superior.


Palavras-chave


Coffea canephora Pierre x Froenher; Fertilidade do solo; Cafeicultura; Geoestatística

Texto completo:

PDF


Revista Ciência Agronômica ISSN 1806-6690 (online) 0045-6888 (impresso), Site: www.ccarevista.ufc.br, e-mail: ccarev@ufc.br - Fone: (85) 3366.9702 - Expediente: 2ª a 6ª feira - de 7 às 17h.